Contexto Histórico

Anos 50

Os anos 50 foram marcados por grandes transformações no Brasil. Brasília começa a ser construída. O Plano de Metas de Juscelino Kubitschek produz a industrialização acelerada do País e a implantação da indústria automobilística. Em 1958, o Brasil é Campeão do Mundo de Futebol, surge Pelé, mas as nossas empresas eram atrasadas em termos técnicos e gerenciais. Era preciso produzir mais e melhor.

1955

1955_materia_ruy_leme
O professor Ruy Leme propõe a criação de um curso de extensão em Engenharia de Produção à Escola Politécnica da USP. Uma nova Engenharia, capaz de transitar entre os conhecimentos de Economia, Administração de Empresas e Ciências Sociais. Uma Engenharia com o propósito de romper com o atraso tecnológico e a falta de qualidade dos produtos da indústria nacional, à época.

1955_programa_ponto_iv
Programa de Assistência Técnica Ponto IV. O professor Ruy Leme utiliza o Programa de Cooperação Estados Unidos-Brasil, conhecido por Ponto IV, para atrair professores norte-americanos para um curso de extensão em Engenheira de Produção.

1958

Por iniciativa do professor Ruy Leme, a Escola Politécnica aprova a instalação, em nível de graduação, do curso de Engenharia de Produção, como opção da Engenharia Mecânica. Iniciado em 1959, permaneceu como opção da Engenharia Mecânica até 1970.

1967-1977
O Futuro Plugado

MENU

Back

Compartilhar